terça-feira, 12 de julho de 2011

Dar o seu máximo a quem se contenta com o suficiente é pior do que dar o seu melhor a quem não se contenta com o seu máximo. Porque o excesso é lixo, e para o «resto» não há valor.



Um comentário:

Ahmanda Marques disse...

Dar é phoda, né?
Mas olha, a sua proposição é um terrível 'decifra-me ou devoro-te'.