domingo, 3 de julho de 2011

Edmond amava uma mulher que - mesmo sem saber - não se amava.
Aos poucos, entregava-se a ela, em atos legítimos e verdadeiros; e quanto mais se entregava, mais causava a ela estranhamento: "se eu não me amo, como ele pode me amar?"
A sina dos que não gostam de si mesmos é não acreditarem que alguém possa deles gostar e, pior ainda, gostar do que eles não gostam, em si.
E a sina dos que gostam dos que não gostam de si mesmos é a mesma, sempre: serão descartados.
Quem SE descarta há de também descartar tudo o que interfira com seu verdadeiro EU.
O ser que não gosta de seu ser-real (embora não seja possível conhecer tal ser-real por inteiro) precisa (subconsciente) de alguém que de alguma forma ponha em segundo plano aquele ser-real.
Se não gosto de meu ser-real, ele é irreal; quem gosta do irreal não existe.
Edmond percebeu isso desde logo, e assim "profetizou" (inferiu, logicamente) a sua exclusão.
Muitas vezes o que se pensa ser mito é tão real que parece mítico. É como se o real e o mitológico fossem o encontro dos "extremos" do planeta - redondo -, que só é ele mesmo, no que pensamos sejam as suas extremidades. E o que parece muito distante pode estar (e está, de fato) ao lado. Ou no mesmo lugar.
A realidade e o mito serem confundidos, a todo tempo, não é culpa nossa; apenas está além de nosso alcance.


2 comentários:

Cosette disse...

É. Mas acho que as coisas são menos complicadas quando se ama o mito no seu estado puro, pois mais tarde ou mais cedo ele acaba por transparecer a realidade, e aí a pessoa cai em si.
O pior é quando o real se camufla no mito e vice-versa. Aí a coisa fica complicada. Aliás, quem foi que disse que « o mito é uma realidade camuflada»? Não me lembro, mas ouso acreditar ser verdade.

Ahmanda Marques disse...

Vocês dois são meio depressivos. Eu, como sou também, fico meio para baixo quando venho aqui, embora goste dos raciocínios.
Não conhecia a frase, mas agora vem a dúvida: o mito é realidade camuflada ou a realidade é o mito camuflado? Pode ser que o conceito de realidade seja obverse do de mito, e este o reverse do de realidade?
Não sei. Vocês, que são familiares, que se entendam.