domingo, 15 de maio de 2011

Toda vez, Cô, toda vez que vou à casa de meus pais, eu me sinto sugado!

É incrível, meu! Eu chego lá, os dois "vêm para cima" de mim e ficam lá me rodeando. Querem saber o que ando a fazer da vida, quanto estou pesando, quanto tenho trabalhado, se estou comendo corretamente, enfim, aquelas coisas bestas que não vão fazer a menor diferença.
Fico indignado, pois poderíamos conversar; contudo, eu acabo respondendo a um inquérito policial absolutamente rigoroso e, tanto quanto duro, improfícuo; assim, enervo-me e acabo indo embora sem que tenhamos dialogado.
Assim, uma visita aos pais, que deveria ser algo agradável, acaba sendo excruciante.
Agora me responda você, SFS: QUANTOS ANOS EU TENHO??
Se não lembrar, olhe no meu perfil... (hehehe)

4 comentários:

Cosette disse...

e não é que eu fui mesmo olhar para o teu perfil? Chato.

Então, é porque você ainda não (ou)viu o meu interrogatório. Não reclama não.

Amanda Marques disse...

Mas os pais se preocupam com os filhos sempre, independentemente da idade. Você não é pai, né?

Jean Valjean disse...

Ih... lá vem bomba!

Ana Pe disse...

A pergunta que fica é: Por que VOCÊ não muda esse comportamento?! Por que VOCÊ não faz do "inquérito policial" o caminho de um diálogo sadio?!