sábado, 7 de agosto de 2010

Sonhei...



Hoje dormi e sonhei.
Sonhei que fui feliz.
Entendi que não há lugares,
mas apenas pessoas certas.
E então acordei.
Ficou a memória.
Ficou um pálio da luz que me iluminou o sonho.

9 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Volta e meia eu sonho que sou feliz... É tão bom, acho que só consigo ser tão intensamente feliz em sonhos... rs... Vai ver não tenho muita vocação pra felicidade acordada... rs

Beijocas

Danilo disse...

Sempre tenho sonhos e mais sonhos bons, alguns mais malucos que os outros mas nada triste pq eu mando nos meus sonhos quando vejo as coisas indo para o ralo....a unica coisa triste em sonhos é quando acordamos e não temos mais as diversões, aventuras e amores que os sonhos oferecem...sempre da vontade de não acordar de sonhos bons né
Abraço bom domingo!

Jean Valjean disse...

Dama, estou com você: também não tenho vocação para a felicidade, enquanto acordado. Logo, só em sonho. Que pena eles acabarem. Que pena!

Jean Valjean disse...

Danilo, você é um sujeito de sorte, pois consegue controlar seus sonhos. Eu não. Esses sonhos são maiores do que eu.
Um abraço, digníssimo.

Cosette disse...

Ficou você, pronto para torná-lo realidade.

Jean Valjean disse...

Ah, Cô... se dependesse apenas de mim, tornar-se-ia agora.
Ui! Lembrei que adoro mesóclises, e olha só: não é sensual e até romântica a idéia de um pronome interposto entre a raiz do verbo e o sufixo desinente do tempo verbal?

Mari disse...

Que lindo sonho.

Sabe que eu adooooro mesóclises? Ô coisa bonita de se ler.

:)

Cosette disse...

É sim, tio. Eu também adoro, tanto na escrita como na oralidade.

(:

Jean Valjean disse...

Eu sou um idiota, Cô.