quarta-feira, 26 de maio de 2010

Chupetas bem-feitas

Só conheço duas:
1a - aquela entre baterias de carros, para o que está descarregado poder pegar;
2a - aquela de mamadeira de criança, desde que não tenha nenhum fiapinho ou imperfeição.

Alguém pensou bobagem?

8 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Eu sempre penso besteira... rs

Beijocas

Jean Valjean disse...

Ué... besteira? Como assim, Dama? Não consegui pensar em mais nada! Hehehehe!

Cosette disse...

Prá você perguntar se alguém pensou besteira, foi porque você foi o primeiro a pensar porcaria!

thiconheço.

Cosette disse...

Eu, como tenho a mente super limpa, virgenzinha, com o hímen ainda, li tudo na mais pura inocência.

Sarah Slowaska disse...

Sabe que eu nunca soube tirar o melhor proveito de uma boa chupeta? Eu não resistia: ficava mastigando aquela coisa em vez de a sugar.
Enfim...

Um beijo, Jean.

afonso rocha disse...

Minha mãe diz que eu nunca gostei de chupeta...tinha poucos meses e era um martírio para ela...porque só queria comer de colher...lambusar-me todo...
Foi aí que a família teve a percepção do primeiro aprendiz de artista dentro da organização. eheheh. Ainda hoje continuo a ser um martírio para eles...
Abraço super jean

Cosette disse...

Ah, Afonso eu também viu...nunca gostei de chupetas não...Só de me lembrar do martírio...! (risos, muitos!)

Le Vautour disse...

Quanto a mim, nunca usei chupeta. Fui amamentado durante 9 meses e, desde então, leite Ninho no copo e o início das comidas sólidas. Foi bom.
Abração de duas asas!