segunda-feira, 17 de maio de 2010

A Fonte de Itororó

Na última vez em que fui a Santos, fui ver de perto a Fonte de Itororó. É seca. É fonte, mas não tem água. Me fez lembrar meu coração, que é coração, mas não jorra mais amor.

5 comentários:

Sarah Slowaska disse...

Simples: interliguem os vossos encanamentos, e deixem que o amor que nasce no coração da sobrinha, jorre para dentro do teu.

Cosette disse...

Uia, olha a Sarah dando uma de encanador! Hahahahaha! Eu concordo, mas deixem-me primeiro tratar deste esgotão que tenho aqui dentro.

Jean Valjean disse...

Ih, Sarah, que nada. Sou caso sem cura.

Esgotão, Cô? Esgotão é o meu, e truco!

Abreijos às duas!

Le Vautour disse...

Faço minhas as suas palavras, amigo. Faço-as minhas.

Cosette disse...

O meu tio, em relação a determinados assuntos, só levando uma surra de almofadas pra entender. E olhe lá..