quinta-feira, 22 de julho de 2010

Espremido entre a realidade e a fantasia ficou apenas o gosto salobro da esperança, esta regada a molho de desilusão...

Para que tantos sonhos, se não se podem realizar?

4 comentários:

Cosette disse...

Ué, porque os sonhos não se realizam nunca. O que se concretiza, na verdade, é a vontade. Eu acho.

Mari disse...

Que prato, hein?!

Mas cô-ncordo cô-m você Cô. rs

:)

Le Vautour disse...

Ai, Cô! Você acha que a vontade se cô-ncretiza? Hm... talvez nem sempre.

Srta/Sra. Mari (desculpe-me, não a conheço), é um prato amargo, não é? E às vezes a vida no-lo impõe.

Abraço de duas asas a ambas.

Cosette disse...

Ué, o material só não se concretiza se ficarmos parados à espera do sonho.