quarta-feira, 28 de julho de 2010

O Mar VI

Por que quanto mais pensamos que pensamos mais vemos que nada vemos?
Ou é justamente por isso?
Olhar o mar é ver tudo e, ao mesmo tempo, nada ver.
Singrar o mar é singrar o desconhecido, rumo a um Eldorado que não existe. Nem existirá.

4 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Se encontrar uma pessoa que sabe tudo, pode ver que ela é burra, tola, ignorante...

Beijocas

Sarah Slowaska disse...

Porque tal como no mar, ainda não somos capazes de alcançar as nossas profundezas. Enxergamo-nos até um certo ponto, até nos perdermos de vista, como o mar.

Cosette disse...

Porque os nossos pensamentos, na verdade, cegam. Nada se pode ver e pouco se pode concluir através da névoa de pó que se alevanta quando ousamos assoprar nossas indagações.

Le Vautour disse...

Nossa, Valjean, que série horrorosa de pensamentos inúteis! Você anda com pouco trabalho?